7 de março de 2018

Livro: Concerto a Quatro Mãos || Chiado Editora


Na busca de um novo livro para ler no site da Chiado Editora, a capa e o título do livro Concerto a Quatro Mãos despertaram a minha curiosidade. Isto porque, como já referi várias vezes, eu toco violino (ou tocava porque ultimamente o vagar tem sido pouco). Ao ver que o livro era um policial e ao ler a sua sinopse decide que seria mesmo este o livro que eu adquiriria desta vez!




Este livro, de Paulo Viegas, trata o desaparecimento de Rita, uma promissora violinista. A narração deste desaparecimento é feita a duas vozes, a história por parte da mão assassina que prevê o seu ato, que expõe o crime, e tudo faz para ocultá-lo e não ser incriminada. E ainda pelo lado de alguém que perdeu Rita, demonstrando o sentimento de perda, o sofrimento causado pelo seu desaparecimento e a necessidade de perceber o que aconteceu.

A duas narrativas surgem então alternadamente em forma de diário. Num duelo entre a procura da verdade e a tentativa desesperada de esconder provas, entre a busca da explicação para o crime e a autojustificação desse mesmo crime.


Confesso que esperava outra coisa do livro. No entanto, este surpreendeu-me exatamente por ser diferente de tudo o que já li. Este não é um simples livro de suspense em que se tenta decifrar quem é assassino. Por outro lado, aqui nós sabemos desde o início quem é o assassino e assistimos a todo o planeamento do crime, à sua execução e são-nos explicadas em detalhe as suas motivações. Para quem procura um policial com a visão do assassino, esta poderá ser uma boa escolha!

1 comentário:

  1. Isto pode parecer esquisito, mas adoro livros deste género, em que lemos a visão do assassino e assistimos a todo o planeamento xD

    Beijinhos!
    MESSY GAZING

    ResponderEliminar